9 de maio de 2009

O Crescimento da EA

Embora a escola austriaca seja realmente uma escola de pensamento ainda muito pequena com perspectivas de continuar sendo pequena, como argumentei no texto postado duas semanas atrás, agora não tenho dúvidas que longo prazo a EA vai se consolidar como uma escola grande do mainstream, pelo menos extrapolando a tendência de crescimento dos ultimos 30 anos:

Olhando para o passado podemos notar um franco crescimento do número de economistas que se definem explicitamente como austriacos e do número de economistas que tratam da teoria austriaca em seus artigos. Em torno de 1970, somente Mises, Hayek, Kirzner, Rothbard e Lachmann eram austriacos, em 1980 esse numero cresceu para cerca de 20-25 economistas que eram explicitamente austriacos. Hoje em dia (2009) temos aproximadamente 150 indivíduos com PHD em economia que são explicitamente austriacos, uma taxa de crescimento de quase 10% ao ano desde 1980.

Simultaneamente, entre 1980 e 2009 tres jornais academicos dedicados exclusivamente a EA foram estabelecidos: Em 1987 o RAE (Review of Austrian Economics), em 1994 o AAE (Advances in Austrian Economics) e em 1998 0 QJAE (Quaterly Journal of Austrian Economics). Além desses jornais, em 2005 foi fundado o NPPE, o New Perspectives on Political Economy, um jornal abertamente libertário, editado por dois professores de economia que moram em Praga.

0 comentários: